RSS

Como será o futuro da televisão?

Publicado em

tv_antigaVamos divagar um pouco?

Fui uma criança bem parecida com Mike Teavee… Aquele personagem da “Fantástica fábrica de chocolate” viciado em televisão. Meu mundo mágico se encontrava numa tela pré-programada. Tinha o horário pra ver carrossel, ver rá-tim-bum e até o imperdível “Xou da xuxa” e seus desenhos espetaculares. Por favor, não me julguem.

Ontem me peguei imaginando o futuro da minha amada televisão. Alguns anos após a popularização da internet, tudo mudou e esse papo de revolução não é nenhuma novidade. O que me angustia a pensar fervorosamente no futuro é que nada funciona da mesma forma como na “aurora da minha vida, na minha infância querida, que os anos não trazem mais”.

Sem querer ser saudosista, mas já sendo. Os video games migraram para a primeira pessoa. Mike Teavee provavelmente teria amado essa mudança. O youtube e os smartphones transformaram todos em criadores das suas próprias novelas. E Mr. Anderson, não o personagem de Matrix, mas sim o escritor de “The long tail“, prenunciava a disputa dos menores com os blockbusters.

Agora o Netflix nos apresenta o apocalipse alcançando várias indicações ao Emmy. É o conteúdo da internet no mesmo patamar do conteúdo da televisão.

Li recentemente a trajetória do Netflix, mas o que mais martelava na minha cabeça enquanto lia era… O que meus filhos acharão da Rede Globo?

Meus filhos nunca irão chorar por perder o capítulo daquela semana do seu programa favorito. Provavelmente se rebelarão para ter mais poder sobre a programação do canal de Tv mais famoso do Brasil (atualmente). Será que eles verão uma novela em primeira pessoa? Tá aí… Essa é uma ideia boa. Acho que vou escrever uma novela assim.

Imaginar o futuro sempre foi algo que todos já fizeram, mas imaginar um futuro tão diferente em – aproximadamente – uma década (ou seja, nada) é o mais assustador ao meu olhar. Principalmente com algo que eu estimei tanto na infância.

Posso ter me tornado apocalíptica, é verdade. Posso ter me tornado mais dramática, mas quando vejo o quanto o mundo e as mídias mudaram de 20 anos pra cá, a televisão começa a ter um futuro muito sombrio pra mim. Por isso já estou pensando, ao invés de instalar tv a cabo na minha casa, instalar um servidor e usar só conteúdo online pra não ter que me desgastar tentando cancelar a Net daqui uns 5 anos.

Aviso: Esse texto contém muita ironia pra ser levado a sério.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.105 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: